Economia Circular para um futuro sustentável

Como as organizações podem empoderar os consumidores e fomentar a transição para uma economia circular

Publish date:

O caminho mais direto para o desenvolvimento sustentável é circular

A economia circular pode impedir a degradação ambiental e as mudanças climáticas, e reduzir nossa dependência de recursos finitos, ao mesmo tempo em que oferece oportunidades e benefícios econômicos e promove o desenvolvimento sustentável.

Mas o que pensam os consumidores? E as organizações estão fazendo o suficiente? Queríamos descobrir.

Para preparar o último relatório do Capgemini Research Institute – Circular economy for a sustainable future: How organizations can empower consumers and transition to a circular economy – foram entrevistados quase 8 mil consumidores nos EUA, no Reino Unido, na Europa e na região da Ásia-Pacífico, quanto às principais indústrias voltadas para o consumidor, e conversamos também com acadêmicos, especialistas dos setores, startups e laboratórios de ideias que atuam na área da economia circular.

Constatamos que, embora os consumidores estejam cientes do problema do desperdício e do esgotamento de recursos e tenham interesse em participar de iniciativas de economia circular e práticas de consumo consciente, eles enfrentam obstáculos consideráveis, especialmente em termos de praticidade, acesso, custo e informação.

Além disso, embora estejam claramente engajados quando se trata de fechar questão nas áreas de alimentos e resíduos de plástico, por exemplo, eles continuam reticentes em outras áreas, especialmente em compartilhamento, aluguel e arrendamento, ou em compras de artigos de segunda mão.

Isso leva à conclusão, tanto dos consumidores quanto das próprias organizações, de que as empresas simplesmente não estão fazendo o suficiente.

Para ampliar suas práticas de economia circular, as organizações precisam adotar os princípios do design circular e identificar modelos de negócios que não sejam impulsionados apenas pelas vendas de produtos.

Repensando suas cadeias de valor e abastecimento – e colaborando mais dentro de seus ecossistemas e com governos, legisladores, acadêmicos, laboratórios de ideias, fornecedores, clientes e startups inovadoras – as organizações podem levar adiante suas iniciativas circulares.

Aproveitando as novas tecnologias e promovendo o desenvolvimento de competências, a mudança de cultura e a responsabilidade, empresas podem estabelecer bases sólidas para uma mentalidade circular interna e, fornecendo informações, gerando confiança e conscientização, e mudando mentalidades, elas podem fazer o mesmo por seus consumidores.

Para saber mais sobre a economia circular, baixe o relatório (o texto está em inglês, mas as ideias são universais). E, mais importante ainda, fique bem e concentre-se no futuro que deseja.

Agradecemos seu contato. Enviamos nosso estudo para seu e-mail.

Confira sua caixa de entrada e seu SPAM também.

We are sorry, the form submission failed. Please try again.

Final Infographic Circular...

Tamanho do arquivo: 200,77 KB File type: PDF